©2017 por AgênciaZ13

20/12/2017

CAROLINA BRANCO/GLOBAL IMAGENS

O relatório disciplinar arquivado pelo diretor do SEF revela que o sistema informático foi alterado para permitir dar vistos a estrangeiros sem prova de entrada legal no país

O SEF concedeu autorização de residência a um cidadão paquistanês, alvo de uma medida de segurança de interdição de entrar no espaço Schengen, emitida pelas autoridades norueguesas. Estas proibições podem ser aplicadas a imigrantes ilegais que foram expulsos ou até a suspeitos ou condenados por crimes graves. Com o visto português, este estrangeiro pode circular livremente na União Europeia (UE).

Este foi um dos casos mais graves identificados na audito...

Please reload